Mataleone.com








    Tutorial 24: Dicas para Criação de Waypoints

 

Introdução

É recomendável que se tenha uma pequena noção de criação de waypoints antes de ler estas dicas. Leia antes o tutorial Criação de Waypoints para PodBot 2.5 caso seja a sua primeira vez lidando com waypoints.

 

waypoint.cfg

Faça um arquivo de configuração para os comandos dos bots. Assim é mais fácil executá-los. Basta criar um arquivo com o nome "waypoint.cfg" no seu diretorio "Half-Life/cstrike" e executar o comando "exec waypoint.fgc" no console. Este arquivo vai reconfigurar algumas teclas, alem de criar atalhos para os comandos mais frequentes. O conteúdo do seu "waypoint.cfg" pode ser mais ou menos assim:


developer 1
ECHO PodBot waypointing mode enabled
developer 0

alias wptoggle "wpon"
alias wpon "waypoint on; alias wptoggle wpclip"
alias wpclip "waypoint on noclip; alias wptoggle wpoff"
alias wpoff "waypoint off; alias wptoggle wpon"

alias pathpoint "ppon"
alias ppon "pathwaypoint on; alias pathpoint ppoff"
alias ppoff "pathwaypoint off; alias pathpoint ppon"

alias auto "autoon"
alias autoon "autowaypoint on; alias auto autooff"
alias autooff "autowaypoint off; alias auto autoon"

bind = "podbotmenu"

bind "u" "waypoint setradius"
bind "i" "waypoint setradius 16"
bind "o" "waypoint setradius 32"
bind "p" "waypoint setradius 48"
bind "[" "waypoint setradius 64"
bind "]" "waypoint setradius 80"

bind "INS" "wpnoclip"
bind "DEL" "wptoggle"
bind "PGDN" "pathpoint"
bind "END" "auto"
bind "KP_5" "waypoint addflag"
bind "KP_ENTER" "waypoint save"
bind "KP_INS" "waypoint add"
bind "KP_DEL" "waypoint delete"
bind "*" "waypoint stats"
bind "KP_MINUS" "waypoint check"
bind "KP_PLUS" "waypoint save nocheck"

mp_roundtime 9

 

Começando o waypoint

  • Sempre localizo os pontos de missão do mapa (bomba em DE_ como terrorista, refém em CS_ como Counter).
  • Assim, faço os primeiros waypoints na região do objetivo (o podbot tem um bug que faz do waypoint ZERO um waypoint importante, vide meu waypoint da de_storm).
  • Na região coloco os waypoints onde poderiam ser colocados a bomba/resgatados os reféns, e depois distribuo alguns waypoints na região fazendo isso logo em todos os bombspots/hostage-areas disponíveis.
  • Depois ligo essas regiões com waypoints (auto waypoint principalmente).
  • O começo é bem simples (ajuda a não destruir a jogabilidade do mapa).

     

    A parte Fácil

  • Comece a andar com o "auto waypoint" pelo mapa todo (no meu cfg, tecla END). Deixe escadas verticais para depois, pulos idem.
  • Lembre-se que por mais inútil que a área pareça, é possível que o bot a alcance durante uma troca de tiros (nessa situação eles não respeitam os waypoints).
  • Tendo distribuido o waypoint pelo mapa...
  • Grave o waypoint (é bom fazer isso constantemente, Bots são mais instáveis que o Windows95...) com nocheck (tecla "numérica" +) e teste o waypoint.
  • Os bots já deverão fazer o básico (no caso de mapas DE_).

     

    A Parte Chata

  • Se o mapa for de refém, coloque um "waypoint return" (tecla "0/ins" no numérico, depois opção "waypoint return") nas áreas onde o refém deve ser retornado (lembrando que por seguirem o bot, você deverá deixar a área de resgate entre o waypoint de return e o anterior...).
  • A partir daí começa a parte que vai definir se o waypoint é ruim ou se é péssimo mesmo (ninguém gosta dos pobres bots mesmo). Os temidos important
  • Importants servem (aparentemente, até hoje não tenho a certeza) para ditar o fluxo do jogo, depois que os bots alcançam o ponto de objetivo (sem necessariamente pegar o refém ou plantar a bomba), ou mesmo antes, na "decisão" de qual caminho deve ser tomado.
  • Verifique se os bots do time atacante tomam os diversos caminhos possíveis. Veja quais caminhos dificilmente são utilizados que poderiam ser (e depois dos momentos iniciais, verifique também os defensores).
  • Notando que os bots não tomam um caminho que acho importante, coloco um waypoint important (do time atacante).
  • Uso-os também nas regiões próximas ao objetivo (no caso do time defensor).
  • É quase impossível atingir um nível de satisfação, já que invariavelmente o bot pegará o caminho mais curto para o objetivo, e os defensores ficarão perambulando entre o objetivo e os campspots.

     

    Conectar e desconectar waypoints (outra parte chata)

  • Agora provavelmente você estará cheio de waypoints isolados ou alguns que não estão devidamente conectados.
  • Para conectá-los use o comando "pathwaypoint add X" (onde X, claro, é o número do waypoint).
  • Da mesma forma, alguns farão ligações indesejadas, nesse caso o comando é "pathwaypoint delete X".

     

    Pulos e Campspots

  • O waypoint de pulo ("jump waypoint") serve principalmente para fazer o bot transpor um caminho com buraco, já que pode-se fazer o bot subir uma caixa paralela ao chão simplesmente ligando waypoints.
  • Para utilizá-lo use a função "Waypoint add" (tecla numérica "0/Ins"), e depois a opção 9 e a opção 1 (other waypoints - jump waypoint).
  • A partir daí o bot esperará o próximo pulo que o usuário der e depois disso grava o local de pouso.
  • Lembre-se que para poder fazer o caminho inverso, você deverá repetir a operação voltando...
  • Para pontos de camper, simplesmente use a função "Waypoint add" (tecla numérica "0/Ins") e a opção "Waypoint Camp Start" (tecla alfanumérica "6").
  • Para definir o local para onde o bot deve mirar, repita a função "Waypoint Add" e escolha dessa vez a opção "Waypoint Camp End" (tecla alfanumérica "7").

     

    Escaláveis (Escadas, cordas, "grudes magnéticos", etc.)

  • Para fazer com que os bots utilizem objetos escaláveis, é preciso usar o waypoint apropriado ("waypoint ladder").
  • Sua utilização se dá instalando o waypoint nas bordas do escalável (ou nos pontos onde pode-se grudar e/ou sair no caso de escaláveis que atingem múltiplos andares). Para tanto use a função "Waypoint Add" (tecla numérica "0/Ins") e depois a opção "Waypoint add Ladder" (tecla alfanumérica "4").
  • Instale os waypoints nos pontos em que já se está "grudado" no escalável.
  • nota: Normalmente a escada será grande demais e você terá que ligar o topo à base, utilize normalmente o "pathwaypoint add".

     

    Edição avançada (a ser completada...)

  • Para melhorar o waypoint e otimizar a navegação dos bots, é necessário que se edite a posição dos waypoints acrescentados com o autowaypoint.
  • Para isso, utilizo duas maneiras:
  • Reposiciono os waypoints.
  • Altero o raio de alcance do waypoint.

     

    Extras

  • Pra carregar os bots depois de salvar o waypoint, o bot precisa "inicializar o waypoint", para isso, você pode tanto fechar o Counter e abrí-lo novamente quanto mandar um "changelevel nomedomapa" ou ainda digitar "waypoint load" no console.
  • O primeiro waypoint é considerado importante (bug do PODBot), ler a parte inicial pra mais informações.
  • Waypoints de Camp são considerados importantes também, podem ser o destino inicial do bot defensor (que é normalmente de defender o objetivo do mapa) quanto o de retorno do time atacante.
  • Quando me referir a número do waypoint trato do valor Index No X que aparece no topo da tela...

     

    Links Úteis

  • Criação de Waypoints para PodBot 2.5
  • Tutorial de Waypoint (em portugues, by Nevermind)
  • Tutorial de Waypoint (em portugues, by Junkers)
  • Tutorial de Waypoint (em portugues, by ArcantY)
  • Site Oficial do PodBot (em inglês)
  • Guia Oficial de Criação de Waypoihnts (em inglês)

     

    por - Rubones -

  • Copyright � 2001-2021 by Studio Avante